Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


Barra lateral

enduser:erp:producao:engenharia:custos:valoracaopr05633

5.4 - Valoração Produtos em Elaboração/Acabados (cfme Produção)

A valoração dos itens produzidos no sistema PROSYST pode ser feita de várias formas. Neste documento detalharemos o cálculo feito a partir dos dados obtidos dos eventos de produção(interna/externa) dos itens.

A valoração é mensal e pode ser executada de duas formas: automaticamente(de acordo com parametrização específica do sistema), durante a rotina de fechamento de estoque ou manualmente, de acordo com a necessidade de cada cliente. Todo cálculo deve ser executado sempre após o fechamento de estoque, ou seja, só deve ser executado para meses cujo estoque já foi fechado. O programa executado é o PR05633.

Um item produzido é valorado de acordo com o custo médio de produção do mesmo. Este é composto pela soma dos custos médios dos seus componentes requisitados, pela soma do custo de mão de obra, podendo ser obtida da ficha técnica(teórico) ou dos apontamentos de horas(realizado), pela soma dos serviços executados no período e pelo saldo em estoque no início do mês calculado. Itens especiais(sem controle de estoque) não serão valorados.

O cálculo é feito a partir das movimentações de estoque associadas a uma ordem de produção. Esta ordem de produção não pode ter sido cancelada ou ter seu saldo a produzir cancelado. Movimentos de estoque associados a este tipo de ordem de produção serão ignorados. Portanto, é pré-requisito para este tipo de valoração que o cliente utilize Ordens de Produção para gerir a fabricação de seus produtos. Serão considerados os seguintes tipos de movimento de estoque: Compra, Requisição, Devolução para Fornecedores, Retorno de Material para o Estoque, Produção Interna e Produção Externa.

O cálculo é feito sempre a partir do nível mais baixo da estrutura de um item, conforme o exemplo a seguir.

A - Item acabado

SA1 - Item semi-acabado
  C1 - item comprado
SA2 - Item semi-acabado
  SA3 - Item semi-acabado
     C2 - item comprado
  C3 - Item comprado
  

No exemplo acima, primeiro será calculado o custo do item SA3, depois dos itens SA2 e SA1, e só então do item A. Os custos dos itens C1, C2 e C3 são calculados na rotina de fechamento de estoque, por serem itens comprados(sem ficha técnica).

Fórmulas do cálculo:

Custo Médio = ($ Saldo Inicial Estoque + $ Produção) / (Qtd Inicial Estoque + Qtd Produção)

$ Produção = Soma_Acumulada($ Materiais) + Soma_Acumulada($ Processos)

$ Materiais = Qtd Movimentada * $ Custo / Qtd Produção

$ Custo = Custo Médio para Requisição, Retorno de Material e Produção Interna; Custo da Movimentação para Compra, Devolução a Fornecedores e Produção Externa

$ Processos = Qtd Apontada ou Qtd necessária * $Taxa Posto Operativo * Qtd Produção

Qtd Produção = Quantidade produzida no mês

A soma acumulada é utilizada porque uma OP pode ficar em produção por vários meses. Neste caso, as requisições podem ocorrer antes da produção, o que faz com que a variação de custo nos meses de produção seja muito variável. Para diminuir essa variação, sempre utilizamos a soma das requisições com a soma das produções internas.

Quando o custo dos processos é apurado pela ficha técnica, o tempo de preparação é adicionado ao tempo total necessário da ficha técnica.

Exemplo:

Estoque inicial = 24.718 Unidades Custo médio 04/2016 = 0,26060 $ Saldo Inicial = 6.441,51

Produção mês = 58.940 Unidades $ Materiais = 23.695,89 $ Processos = 52.600,00

Custo médio = (6.441,51 + 23.695.89 + 52.600,00) / (24.718 + 58.940) = 0,9889956

enduser/erp/producao/engenharia/custos/valoracaopr05633.txt · Última modificação: 2017/01/02 16:27 por admin