Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


Barra lateral

enduser:erp:producao:engenharia:engenharia:montagem:processos

3.1.3 - Processos

Para fabricar um item, normalmente temos um conjunto de operações que devem ser executadas conforme padrões e ordem pré-estabelecidos. A esse conjunto de operações damos o nome de Processos. Cada operação é um passo dentro de um processo de fabricação. Num roteiro de fabricação, outro nome utilizado para processo, uma atividade pode ser executada várias vezes. O que indica em qual momento e sequência deve se executado cada atividade é o Passo.

Os processos têm uma sequência de execução. Essa sequência é indicada pelo número do Passo. Pode haver repetição de atividades no processo de fabricação, porém cada um terá o seu passo distinto.

Ao clicar-se no botão Incluir ou Alterar, abrir-se-á a tela abaixo.

Merecem destaque especial os seguintes campos desta tela:

  • Nr. Passo: o passo é a sequência de execução da atividade no processo produtivo. O sistema sugere passos com intervalo de 10 unidades, para que seja possível inserir manualmente passos intermediários, numa possível alteração do roteiro de fabricação do produto.
  • Grupo/Posto Operativo: indica onde será executado este passo. Pode-se associar o passo a um posto operativo ou a um grupo operativo. O mais comum é associar a um posto operativo.
  • % Perda: percentual de perda no processo produtivo. Este percentual será aplicado sobre o tempo necessário da atividade em alguns modelos de ficha de custo do sistema.
  • Tempo Necessário: é o tempo necessário para processar uma unidade do produto naquele posto operativo.
  • Tamanho Batelada: quando o processo tem uma quantidade padrão, independente da quantidade de produto será fabricado, temos uma batelada. Aqui informa-se a quantidade de produtos a serem produzidos numa batelada.
  • Tempo Batelada: contém o tempo de processamento de uma batelada.
  • Processos Terceirizados: quando um processo é terceirizado, significa dizer que será produzido por um fornecedor de serviços. O sistema Prosyst controla os serviços de terceiros através da Ordem de Beneficiamento (OB). Os processos terceirizados precisam de informações como o fornecedor do serviço e a quantidade a ser processada a cada terceirização, para serem utilizadas no processo de criação da OB.
enduser/erp/producao/engenharia/engenharia/montagem/processos.txt · Última modificação: 2016/09/30 20:51 por admin