Como criar um fluxo de caixa eficiente para sua empresa

Uma das grandes preocupações dos empreendedores é a saúde financeira da empresa. O atual mercado competitivo no qual as empresas estão inseridas obriga os gestores a assumirem estratégias cada vez mais desafiadoras. Considerando tais fatos, investir em ferramentas de análise voltadas ao setor financeiro das empresas tem seu papel cada dia mais importante para a gestão bem sucedida das organizações. Um dos principais demonstrativos de resultado financeiro é o fluxo de caixa.

Esta ferramenta é de fundamental importância em todas as etapas da gestão empresarial, seja no planejamento, na execução das atividades ou na avaliação do desempenho dos administradores. Por meio do fluxo de caixa, é possível ter uma visão antecipada das necessidades de recursos para atender pagamentos dos compromissos que a empresa costuma assumir, podendo o gestor financeiro planejar com antecedência as lacunas que venham a ocorrer durante as operações e direcionar possíveis excedentes.

É importante controlar o fluxo de caixa da minha empresa?

Para uma empresa crescer e ser competitiva no mercado um dos pontos mais importantes é controlar diariamente suas finanças. Pensando nesta linha, controlar o fluxo de caixa é uma das tarefas iniciais de um bom setor financeiro.

E qual é o objetivo do fluxo de caixa?

Reunir informações para que o administrador financeiro possa projetar a disponibilidade do caixa da empresa e assim permitir a tomada de decisão.

  • Por onde começar?
  • Como obter os dados necessários?
  • Criar planilhas é uma solução prática?
  • Como atualizar os dados?
  • Qual o investimento?

Como criar um fluxo de caixa?

O primeiro passo para se elaborar um fluxo de caixa é a obtenção de despesas (de curto e longo prazo), em contrapartida, fazer o levantamento das receitas (contas a receber), levando em consideração o curto e longo prazo. Para obter essas informações, nos dias atuais, muitas empresas utilizam-se de sistemas de gestão empresarial conhecidos mundialmente como ERP (Enterprise Resource Planning). Neste sistema as informações devem estar integradas, o que facilita, mas nem sempre agiliza a montagem de um fluxo de caixa. Caso seu ERP possibilite a exportação dos relatórios gerados para planilhas, isso facilita, porém se isso não ocorre, a planilha deve ser alimentada manualmente.

Os registros na planilha precisam estar organizados, separando os movimentos de entrada (recebimento) e os de saída (pagamentos). Outro item importante é a separação dos dados por data, isso ajuda o administrador financeiro a tomar decisões baseado em linhas do tempo (dia, mês, ano) para eventuais aplicações e investimentos (curto e longo prazo). Na literatura financeira, temos alguns itens que são tidos como boas práticas, como organizar os registros por grupo de despesas ou receitas, apresentação de gráficos com valores numéricos e percentuais de participação entre uma informação e outra.

Agora, com todas essas preocupações em formar um relatório dinâmico, ágil e com a informação certa para levar na reunião de diretoria você deve estar pensando, como vou achar tempo para fazer isso tudo, preciso conferir tudo o que foi feito uma, duas ou três vezes? Se parar para pensar, quando terminar já estará desatualizado, pois essas movimentações são dinâmicas dentro da empresa.

Achou difícil? Calma, pode ser mais fácil

Pensando em todas essas questões, a Prosyst concentra todos esses dados operacionais no ERP e transforma estes dados em informação, através do nexBI. O nexBi possibilita de uma forma dinâmica, simples e objetiva visualizar todas essas informações do fluxo de caixa. Sem contar que a informação é online, com uma representação simples dos dados demonstrados, o nexBI é capaz de gerar informações agendadas, com períodos atualizados dia a dia, envio de e-mails automáticos para contatos pré-determinados, diferenciando quadros de uma mesma visão para destinatários diferentes, além de poder ser consultado online.

O administrador financeiro pode acompanhar o andamento do fluxo de caixa, caso precise de uma visão mais ampla. Neste ponto o nexBI Prosyst, passa a auxiliar o administrador financeiro, que deixa de empregar tempo na montagem da informação, para investir seu tempo na análise dos dados para uma boa tomada de decisão. Chega de perder tempo construindo diariamente inúmeras planilhas.

Veja algumas das informações que são possíveis visualizar no fluxo de caixa do nexBI:

  1. Disponíveis de Caixa (realizado).
  2. Contas a Receber (Realizado).
  3. Contas a Pagar (Previsto/Realizado).
  4. Carteira de vendas (Previsto/Realizado).
  5. Carteira de compras (Previsto/Realizado).
  6. Antecipação a Fornecedores (Previsto/Realizado).

Alguns dos dashboards disponibilizados:

  1. Saldos iniciais das contas bancárias.
  2. Fluxo de caixa diário.
  3. Evolução do saldo.
  4. Origem dos valores (entrada/saída).
  5. Fluxo de caixa detalhado contendo os dados dos documentos que compõem o fluxo de caixa.
  6. Top 10 receitas.
  7. Top 10 despesas.

gestão de fluxo de caixa empresa

Entre em contato e saiba como o ERP Prosyst pode alavancar um grande diferencial estratégico na sua empresa.

Escrito por Guilherme Post, Comercial da Prosyst.